Estufa na varanda: dicas úteis para ter um jardim em casa

Se vives numa zona fria e gostas de jardinagem, descobre como cultivar as tuas próprias plantas na varanda.

Criar um canto verde na varanda é um sonho para qualquer pessoa que goste de jardinagem, mesmo que viva na cidade. Existem várias maneiras de construir uma pequena estufa na varanda e até cultivar espécies mais especiais, que são mais sensíveis ao frio e às variações de temperatura. Descobre como adaptar uma estufa a um espaço pequeno e quais são os materiais que precisas.

Como funciona uma estufa na varanda?

Uma estufa de varanda é um pequeno ecossistema que recria as condições ótimas para o crescimento das plantas fora do seu ambiente natural. O princípio de funcionamento baseia-se na capacidade de reter o calor solar no interior da estrutura, criando um microclima mais quente e mais estável do que no exterior. Este ambiente controlado é ideal para o cultivo de uma variedade de plantas, mesmo aquelas que normalmente não sobreviveriam ao clima local.

Horta urbana

Créditos: Freepik

Para garantir o sucesso do cultivo, é importante monitorizar certos parâmetros-chave. A temperatura deve ser mantida sob controlo, especialmente durante os meses mais frios ou em dias particularmente quentes, para evitar flutuações de temperatura que possam danificar as plantas. Uma estufa na varanda é também útil para proteger as espécies verdes das condições climáticas adversas, como a chuva, o vento e o granizo, bem como da ameaça de pragas e insetos.

Plantas de exterior

Créditos: Freepik

Criar uma estufa “faz tu mesmo”: guia passo a passo

Com um pouco de paciência e tempo disponível, podes criar a tua própria estufa na sua varanda, seguindo estes passos:

  1. a primeira etapa é a escolha dos materiais. É essencial optar por estruturas resistentes e transparentes, como o policarbonato ou o PVC, que garantem uma boa penetração da luz solar e, ao mesmo tempo, protegem as plantas das intempéries;
  2. depois de selecionar os materiais, é importante pensar na estrutura da estufa. Esta pode ser feita de metal ou de tubos de madeira, consoante as aptidões e preferências de cada um. A montagem deve ser feita com cuidado, para que possa resistir ao vento e às intempéries.
  3. uma vez concluída a estrutura, é necessário criar pequenos bancos onde se podem colocar as plantas e criar um sistema de ventilação para que os microrganismos não proliferem.
Jardim em casa

Créditos: Freepik

O que colocar numa pequena estufa na varanda

A seleção das plantas para a tua estufa na varanda é um passo crucial que influenciará o sucesso do teu jardim em miniatura. Entre as espécies mais adequadas estão:

  • as plantas aromáticas como o manjericão, o tomilho e a hortelã. Estas plantas são excelentes escolhas devido à sua robustez. Além disso, oferecem a vantagem de ter à mão ingredientes frescos para os seus pratos;
  • para quem prefira dar um toque de cor, as flores como os amores-perfeitos ou os malmequeres vão embelezar a tua estufa;
  • se tiveres oportunidade, opta por plantas exóticas, que requerem frequentemente calor e humidade para crescer. Alternativas muito interessantes incluem a strelitzia, a clivia e a schefflera.

Lembra-te também de que a tua estufa pode ser largamente amiga do ambiente se optares por utilizar materiais reciclados, como plástico, paletes de madeira, vidro de garrafas ou madeira velha, desde que a sua reutilização seja segura.

Estufa em casa

Créditos: Pexels