Search for:
Parceiros

Negócios deEquipa EquipaEquipa

254

Consultores Especialistas

3654

Horário de Desenvolvimento

926

Clientes de confiança

356

Notícias desenvolvidas

Últimas Notícias

A pensar nas férias? Estes são os destinos ideais para cada signo

Os signos do zodíaco têm destinos que são mais adequados para cada um deles. Descobre quais.

Todos nós temos destinos de férias preferidos, sítios onde gostamos de ir. Todos temos preferências. Já pensaste que os teus gostos e afinidades podem estar ligadas ao teu signo? Existe a possibilidade de aproveitares as férias de forma muito mais poderosa se fizeres planos baseados no teu signo do zodíaco e seguires as indicações da influência do signo onde o sol estava no momento em que nasceste

Signos do zodíaco: qual o destino perfeito para cada signo?

Destinos de férias são sempre um bom tema de conversa em qualquer momento, e obviamente cada pessoa tem as suas preferências. Se há quem goste de destinos de praia, há quem prefira enriquecer o seu conhecimento pessoal e visitar cidades e monumentos históricos. 

Seja qual for a tua preferência, e caso ainda não saibas, o teu signo diz muito sobre ti. Por isso mesmo, reunimos o destino ideal para cada signo do zodíaco. Se ainda não começaste a planear as férias, pode estar aqui a tua viagem de sonho.

Carneiro (21 março – 19 abril)

O carneiro, sendo um signo do elemento fogo, necessita de lugares quentes e dinâmicos. Como eles são bastante ativos e exploradores, o ideal é um sítio que os cative pelas grandes paisagens, panoramas inesquecíveis e vistas naturais, como se fossem uma verdadeira obra de arte. Se o carneiro estiver em grandes parques naturais, com algo para descobrir e se deliciar ao sol, no meio da natureza, vai estar no seu meio ambiente e sentir-se-á bem. 

Um dos melhores destinos de férias para o carneiro é a Tanzânia, visto que desta forma é possível estar-se rodeado da natureza, num lugar quente e com muitas aventuras para fazer. 

tânzania

Pexels

Touro (20 abril – 20 maio)

Sabemos que o touro adora boa gastronomia, aprecia lugares refinados e que tenham um lado artístico. Por isso, a melhor opção para o tourino ir de férias é, sem sombra de dúvida, Itália. Um país de artistas, com deliciosa gastronomia, oportunidades de momentos de lazer e de bem-estar. 

Os do signo touro vão adorar visitar sublimes obras de arte, comer as maravilhosas pizzas e gelados de pistácio, e dar passeios de vespa pelas ruas italianas.

itália

Pexels

Gémeos (21 maio – 20 junho)

Os que são do signo gémeos estão sempre dispostos para a festa e são um dos signos mais relaxados do zodíaco. Assim sendo, o seu destino ideal para umas férias bem passadas é a cidade que nunca dorme: Nova Iorque. Nova Iorque tem muito para oferecer que vai alegrar o coração dos gémeos: o Museu Metropolitano de Arte, os extravagantes espetáculos da Broadway, as festas em terraços.

Em Nova Iorque as possibilidades de diversão são infinitas e os gémeos vão poder sentir-se como se estivessem em casa.

nova iorque

Pexels

Caranguejo (21 junho – 22 julho)

Os caranguejos são sonhadores e calmos, portanto o destino deve ser um lugar oposto à agitação de Nova Iorque. A Islândia pode ser uma ótima opção para tirar uma semana de férias e aproveitar para relaxar profundamente.

A Islândia oferece noites mágicas com auroras boreais, lagoas geotermais, uma natureza infinita e praticamente intocável; um espaço perfeito para se ir de férias com a família (visto que o caranguejo é o signo com laços familiares mais fortes) ou com um grupo de amigos, para que se tenha verdadeiro tempo de qualidade.

Se os caranguejos conseguirem sair de casa para ir de férias (que muitas vezes é difícil, tal é o amor pela casa), vão ficar deslumbrados com a Islândia e vão com certeza querer repetir.

islândia

Pexels

Leão (23 agosto – 22 setembro)

O luxo que caracteriza o signo leão leva-nos a até Bordeaux, em França, como o destino de férias mais indicado. A capital histórica de Aquitânia é famosa pela sua cultura de vinhos e pelos campos de vinhas que cobrem a região. O leão irá derreter-se ao passear pelas vinhas, degustar o vinho, o queijo, o pão francês… e sentir o vigor pela vida, que tanto o define. 

Como o leão é bastante romântico, o ambiente francês irá amplificar essa característica e trazer ao de cima outras qualidades, como a confiança, a vivacidade, a nobreza e o respeito.

bordeaux

Pexels

Virgem (23 agosto – 22 setembro)

A viagem ideal para os do signo virgem é um sítio chique, também luxuoso como o leão: o Dubai. O Dubai é um lugar atual, com arquitetura moderna, com muitas áreas de compras, um estilo de vida elegante e requintado, perfeito para o perfeccionismo do virgem. 

Tal como o touro e o capricórnio, o virgem, sendo um signo de terra, é adequado para viagens a solo e com uma certa antecedência no planeamento de toda a viagem. Mas precisam, contudo, de algo extra: bem-estar. Por isso, o ideal é encontrar harmonia com momentos de massagem, terapias alternativas, banhos de imersão ou sessões de yoga e meditação.

dubai

Pexels

Balança (23 setembro – 22 outubro)

Os que nasceram sob a influência do signo balança são pessoas elegantes, com classe e tendência para tudo o que é belo, harmonioso, artístico. São os mestres do charme e da diplomacia, mas quando toca a planos de viagem, a descontração toma conta deles e se forem em grupo aceitam quase qualquer destino.

A Dinamarca (especificamente, Copenhaga) é um ótimo destino visto que tem cultura para explorar, vida social, arte e compras. O design moderno dinamarquês de  Copenhaga vai deixar o balança de boca aberta, e a diversidade cultural vai ser um ponto positivo para se render ao país europeu.

copenhaga

Pexels

Escorpião (23 outubro – 21 novembro) 

Os misteriosos escorpiões podem (e devem) ir até ao Sri Lanka e desfrutar das melhores férias de sempre. Enquanto exploram o rico património do Templo Gangaramaya ou se aproximam da vida selvagem, que tanto o faz sentir vivos, podem encontrar serenidade e regenerar profundamente.

Conhecidos pela sua capacidade de navegar em águas emocionais profundas, e pela sua constante intensidade na vida, o destino do Sri Lanka pode oferecer-lhes a possibilidade de compreender dinâmicas sociais complexas, e de se fundirem com uma cultura original e milenar, com palácios, florestas tropicais e ruínas budistas. 

sri lanka

Pexels

Sagitário (22 novembro – 21 dezembro)

O sagitário é o mais aventureiro de todos e o que viaja com mais frequência, e por isso o destino ideal tem mesmo de ser for a de série. Tóquio é a escolha para o sagitário: as ruas únicas, a gastronomia incomparável, as vistas panorâmicas que ficam para sempre guardadas na memória. Entre a subida à torre de Tóquio e a visita ao Monte Fuji, em Tóquio haverão sempre coisas para explorar.

Os sagitários são exploradores naturais que anseiam tanto por cultura como por aventura, sendo destemidos e corajosos. As ruas de Tóquio vão trazer a adrenalina que ele gosta e ao adquirirem a rica cultura japonesa vão saciar a sua vontade de aprender e adquirir novos conhecimentos.

tóquio

Pexels

Capricórnio (22 dezembro – 19 janeiro)

Os capricórnio são maduros e trabalhadores, perseverantes e disciplinados. Gostam de diversidade e de muito, muito planeamento. Não podem ir de férias sem terem tudo programado, com ordem e estrutura. 

De todos os signos de terra, os capricórnios são os mais fascinados pela história, antiguidade, tradição. A sua viagem ideal é a Viena, na Áustria. Viena é a capital europeia com uma riquíssima cultura clássica, com palácios do estilo barroco, com um extenso legado artístico e intelectual. Viena tem tudo para um capricórnio gostar.

viena

Pexels

Aquário (20 janeiro – 18 fevereiro)

Os do signo aquário são únicos e de pensamento livre, e a sua natureza pede-lhes experiências fora do comum que expandam a sua mente e os levem para o ar livre. Como ir a Marte está fora de questão (opção que eles iam adorar, fazendo algo que os destaque na multidão), o destino ideal para os aquarianos é a Patagónia, a região que abrange uma vastíssima área na América do Sul, ocupando partes da Argentina e do Chile.

A Patagónia vai fazer com que eles se queiram verdadeiramente perder na abundância de belas paisagens naturais da região, com glaciares, lagos, montanhas e florestas centenárias

patagonia

Pexels

Peixes (19 fevereiro – 20 março)

Românticos e tímidos, a viagem ideal para os peixes é o Havai, onde vai estar no seu elemento (a água), rodeado de água e de praias quentes e paradisíacas. Com parques nacionais vulcânicos e águas límpidas para surfar e nadar descontraidamente, os peixes vão adorar sentir-se em contacto com a sua natureza aquática e aproveitar umas belas férias.

A receita de férias perfeita é um lugar onde haverão oportunidades para se divertir, procurar emoções, e aceder facilmente a grandes massas de água. O deserto é impensável para um peixes!

hawai

Pexels

Ideias para decorar uma cozinha pequena com um orçamento limitado

Tens uma cozinha pequena e não dispões de um grande orçamento? Aqui estão algumas formas de otimizar o espaço de forma económica.

As cozinhas são um dos espaços mais frequentados nas casas. Em muitas ocasiões, as casas não dispõem de muito espaço para estas áreas, pelo que os seus elementos devem ser otimizados para as tornar num local útil e acolhedor. Desta forma, fazer com que uma cozinha pequena pareça maior não é uma missão impossível.

Definir o espaço de uma cozinha pequena pode ser uma dor de cabeça e até uma grande despesa se alguns métodos não forem utilizados corretamente. Descobre como deves decorar uma cozinha pequena com pouco dinheiro para otimizar esta área da casa.

Organização eficiente do espaço

Uma das formas para otimizar uma cozinha pequena é o espaço. Isto implica, não só uma organização eficiente, mas também a seleção e colocação de elementos que maximizem a funcionalidade sem sobrecarregar a divisão. 

Em primeiro lugar, considera a disposição dos móveis e dos eletrodomésticos. Uma disposição em forma de “U” ou “L” pode ser muito benéfica para tirar partido dos cantos e criar uma área compacta e eficiente. 

Outro aspeto importante é a arrumação vertical. Utiliza as paredes para instalar prateleiras ou armários altos onde podes guardar utensílios e outros objetos de cozinha. As soluções de arrumação suspensa, como varões para pendurar utensílios ou potes de especiarias, também são excelentes para manter a bancada de trabalho desimpedida e tudo à mão. 

Qual é a cor ideal para uma cozinha pequena?

A escolha da cor numa cozinha pequena é essencial para criar uma sensação de espaço e luz. Os tons claros e neutros, como o branco, o bege ou o cinzento claro, são ideais porque refletem a luz natural e fazem com que o espaço pareça maior. No entanto, isto não significa que se deva renunciar à cor. Acrescentar toques de cores vivas pode dar vida e personalidade à tua cozinha.

Uma estratégia eficaz é utilizar uma cor de base neutra nas paredes e combiná-la com acessórios ou pormenores em cores mais ousadas. Por exemplo, podes optar por utensílios, toalhas ou mesmo cadeiras em tons como turquesa, vermelho ou amarelo. Estes toques não só darão dinamismo ao espaço, como também proporcionarão uma bela cozinha pequena.

Cozinha branco e verde

Pixabay

Decoração prática e elegante

Há várias formas de incorporar elementos decorativos que são simultaneamente económicos e chiques. Por exemplo, podes optar por trocar os puxadores dos armários por puxadores modernos ou vintage, consoante o teu estilo. 

Outra opção é utilizar prateleiras abertas em vez de armários fechados. Esta solução, não só é mais económica, como também te permite expor os pratos, copos e outros utensílios, tornando-os parte da decoração. Também ajudam a criar uma sensação de um espaço mais amplo e facilitam o acesso aos artigos que utilizas diariamente. Lembre-te de manter as coisas arrumadas e utiliza cestos ou recipientes bonitos para agrupar pequenos objetos e manter um aspeto limpo e organizado.

Finalmente, investir numa luz pendente elegante ou em várias luzes sob o armário pode fazer uma grande diferença na forma como a tua cozinha é vista. 

Reutilização criativa de móveis e objetos

Decorar uma cozinha pequena com poucos recursos significa, muitas vezes, ser criativo com o que já se tem. Tens cadeiras ou prateleiras antigas que já não utilizas? Com um pouco de tinta e alguns ajustes, podem tornar-se peças únicas e personalizadas para a tua cozinha. Por exemplo, pintá-las com cores vivas pode dar um toque de alegria e estilo sem a necessidade de comprar novas. Além disso, considera a possibilidade de transformar uma antiga cómoda num armário de cozinha onde possas guardar utensílios.

Outra questão é pensar nos materiais mais adequados para decorar a cozinha. Uma ideia é utilizar materiais reciclados para criar soluções decorativas ou de arrumação. As caixas de madeira podem ser pintadas e montadas na parede como prateleiras abertas para organizar especiarias ou expor pratos decorativos

Estratégias de organização eficazes

A organização é fundamental numa cozinha pequena e apertada, especialmente quando se trata de maximizar cada centímetro disponível. Para além do espaço vertical acima mencionado, considera a utilização de organizadores dentro das gavetas para separar os utensílios e outros itens pequenos, o que tornará mais fácil encontrar o que precisas sem teres de andar sempre a remexer em tudo.

Não te esqueças da importância de manter as superfícies de trabalho limpas. Utiliza soluções de arrumação inteligentes, como cestos suspensos ou prateleiras extraíveis debaixo dos armários, para guardar objetos pouco utilizados. 

Se a tua cozinha for pequena e quadrada, pode considerar colocar uma ilha no centro para otimizar o espaço. Se, por outro lado, pretendes decorar uma pequena cozinha com um orçamento limitado, terás de integrar corretamente os elementos de toda a divisão.

Cozinha grande

Pixabay

Acessórios baratos para a cozinha

Decorar uma cozinha pequena com um orçamento limitado também significa escolher acessórios que não sejam apenas económicos, mas também funcionais e elegantes. Os tabuleiros são uma excelente opção, pois são muito versáteis e podem ser utilizados para organizar especiarias, guardar utensílios ou como base para criar centros de mesa encantadores com velas ou plantas. 

Outra alternativa económica são os ganchos adesivos ou as barras magnéticas para facas, que permitem aproveitar ao máximo as paredes e libertar espaço nas bancadas. Estes acessórios são fáceis de instalar e muito acessíveis, ideais para pendurar utensílios de uso frequente ou panos de cozinha. Lembra-te que manter uma cozinha organizada é essencial para facilitar a preparação dos alimentos.

Decorar cozinhas pequenas com bar

Integrar um balcão nas cozinhas pequenas é uma solução incrivelmente eficaz para ganhar espaço de trabalho e de arrumação. O segredo é escolher um balcão que se adapte ao tamanho e ao estilo da tua cozinha. Uma opção é escolher um balcão dobrável ou retrátil que pode ser montado na parede e dobrado para fora quando necessário. 

Outra alternativa é utilizar uma pequena ilha com rodízios que inclua um bar integrado. Estas são versáteis e móveis, permitindo-lhe movê-las conforme necessário, quer como uma estação de trabalho adicional durante a preparação de alimentos, quer como uma mesa para desfrutar das refeições. 

Se decidires incorporar um bar, considera também a escolha de bancos adequados. Os bancos altos podem ser guardados debaixo do bar quando não estão a ser utilizados, de forma a otimizar o espaço.

Cozinha

Freepik

Retirado do Idealista – Adaptado por Dicas Imobiliárias

Como tornar a casa num espaço inteligente e preparado para o futuro

O investimento em automação traz um retorno significativo a longo prazo, em termos de poupança energética e valorização do imóvel.

A automação residencial está a transformar as casas em espaços mais confortáveis, eficientes e sustentáveis. As soluções inteligentes podem revolucionar o dia a dia, proporcionando bem-estar, garantindo a segurança dos residentes e promovendo uma gestão mais eficiente dos recursos energéticos.

Neste artigo, a MELOM*, empresa especializada e líder em remodelação de imóveis, apresenta várias dicas sobre como tornar a casa num espaço mais inteligente e preparado para o futuro.

Maior conforto e eficiência energética

A integração de sistemas inteligentes permite uma gestão eficiente do consumo energético, especialmente na iluminação. Sensores de presença ajustam automaticamente a intensidade das luzes conforme a ocupação dos ambientes e a quantidade de luz natural disponível. Esta tecnologia melhora o conforto e reduz significativamente os custos energéticos.

Smart home, sinónimo de luxo?

Uma smarthome é frequentemente vista como um luxo, devido aos custos tecnológicos e à necessidade de mão de obra especializada. No entanto, o investimento traz um retorno significativo a longo prazo, tanto em termos de poupança energética como de valorização do imóvel.

casas inteligentes

Freepik

Personalização e bem-estar

As soluções de automação permitem um elevado grau de personalização. As casas inteligentes podem antecipar os comportamentos dos seus habitantes, ajustando automaticamente a temperatura e a iluminação antes da sua chegada, garantindo um ambiente sempre confortável e acolhedor.

Gestão otimizada de climatização

Os sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado (HVAC) podem ser controlados de forma inteligente. É possível programar horários de funcionamento e ajustar a temperatura conforme a ocupação dos espaços, garantindo conforto e evitando desperdícios de energia. Esta gestão otimizada resulta em poupanças significativas na fatura de eletricidade.

casas inteligentes

Freepik

Utilização eficiente de eletrodomésticos

A automação permite monitorizar e controlar eletrodomésticos com facilidade. Programar a máquina de lavar roupa para funcionar durante os períodos de menor tarifa energética ou desligar automaticamente aparelhos em standby são ações que se traduzem em menores gastos e maior eficiência energética.

Gestão inteligente de energia solar

Portugal, com a sua elevada exposição solar, tem um grande potencial para a energia fotovoltaica. A automação residencial facilita a gestão desta energia, permitindo direcionar o consumo para os momentos de maior produção, armazenar o excedente em baterias ou até vender para a rede elétrica. Esta abordagem maximiza o aproveitamento da energia solar, promovendo sustentabilidade e independência energética.

casas inteligentes

Freepik

Monitorização do consumo energético

Conhecer em tempo real o consumo energético da casa é fundamental para adotar hábitos mais eficientes. Sistemas de monitorização identificam quais os dispositivos que estão a consumir mais energia, ajudando a tomar decisões informadas, como substituir equipamentos antigos por versões mais eficientes ou ajustar o uso diário dos mesmos.

Retirado do Idealista – Adaptado por Dicas Imobiliárias