Devemos deixar o ar condicionado a funcionar enquanto dormimos?

É mau dormir com o ar condicionado ligado? Como fazer para que a temperatura do quarto facilite o descanso? Este artigo é para ti.

Ar condicionado à noite: sim ou não? É mau dormir com ele ligado? Como fazer para que a temperatura do quarto facilite o descanso? Estas são perguntas, juntamente com o preço das instalações de ar condicionado, que já deves ter feito a ti próprio em alguma ocasião e para as quais terás encontrado mil respostas e comentários de todo o tipo.

Ar condicionado sim, mas com moderação

Quando estão quase 30°C no exterior à meia-noite e quase 30°C no interior, é inevitável fechar bem as janelas e ligar o ar condicionado. Não é uma má ideia – afinal de contas, precisamos de uma boa noite de sono para conseguirmos fazer face às nossas tarefas diárias.

Mas isso não significa que tenhamos de dormir enrolados num edredão. Tal como com o aquecimento no inverno, existe uma temperatura de conforto no verão: 24°C. Com essa temperatura ambiente, e mesmo com alguns graus mais elevados, o corpo pode descansar perfeitamente bem.

Mas não é só isso que é preciso ter em conta, porque o uso excessivo do ar condicionado pode causar problemas de saúde, como irritação da garganta e das vias respiratórias, desidratação, otites e infeções. Mas estes são problemas resultantes de uma utilização incorreta do equipamento e podem ser prevenidos de forma simples.

Por outras palavras, não há necessidade de prescindir do ar condicionado e do alívio que ele proporciona nas noites mais sufocantes de verão.

ar condicionado eficiente

Créditos: Habitissimo

Conselhos sobre como regular o ar condicionado durante a noite

Para descansar sem riscos, o primeiro conselho é óbvio: regular o equipamento para que a temperatura nunca desça abaixo dos 24 ºC. No entanto, este não é o único cuidado a ter quando se liga o ar condicionado à noite. Vejamos:

Se o aparelho tiver um modo noturno, este deve ser programado

Esta função faz com que o equipamento modifique a temperatura de forma muito gradual, se desligue após um determinado período de tempo ou adapte a velocidade da ventoinha. Desta forma, evita-se um arrefecimento excessivo e poupa-se também na fatura.

Instalar um humidificador

Alguns dos problemas de saúde que podem resultar do ar condicionado devem-se ao facto de o ar secar quando é utilizado. Para evitar a secura das mucosas e da pele, basta apoiar o funcionamento do ar condicionado com um humidificador. Além disso, é importante hidratar-se bem.

Evitar o fluxo de ar direto

Se o jato de ar soprar diretamente sobre o corpo, a diferença de temperatura pode provocar contracções musculares ou dores. Para evitar que isso aconteça, existem duas opções: a primeira é colocar o equipamento num local onde o fluxo de ar não seja dirigido diretamente para a cama; e a segunda é ativar o modo “swing”, que faz com que as grelhas se movam para distribuir melhor o ar.

Limpeza dos filtros

limpeza dos filtros é muito importante para uma óptima qualidade do ar. A limpeza ocasional demora apenas alguns minutos e pode evitar problemas de alergias ou infecções relacionadas com a má utilização dos aparelhos de ar condicionado.

onde comprar ar condicionado

Créditos: Habitissimo

Outros conselhos para ajudar nas noites quentes

Para além de todas as dicas referidas anteriormente, existem outras que podem ajudar-te não só a descansar melhor, mas também a fazer uma utilização mais racional e saudável do ar condicionado. São dicas como usar roupa de cama leve e respirável, combinar o ar condicionado com ventoinhas ou melhorar o isolamento da casa, evitando as pontes térmicas.

Como vês, o ar condicionado é um aliado fantástico para evitar o desconforto que uma temperatura muito elevada em casa pode causar durante a noite. Mas também é verdade que é preciso saber como o utilizar para evitar riscos desnecessários para a saúde. 

Retirado do Idealista – Adaptado por Dicas Imobiliárias